domingo, 6 de junho de 2010

amigos e amantes

Minha mãe sempre me diz: "Escolha um homem para dividir a sua vida com quem você possa sobretudo conversar, porque isso é o que fica. Todo o resto passa".
De fato, é bom que nossos amantes sejam realmente nossos amigos, companheiros com quem possamos dialogar sobre tudo, e que todas as conversas sejam um tesão. É um tiquinho mais complicado quando nossos amigos se tornam nossos amantes. Difícil entender que a lógica mudou, que passamos a ter outro tipo de intimidade, que temos que compreender outras manias e razões. Perde-se a espontaneidade tão mágica da amizade, as alfinetadas bem dadas, as provocações. As reações passam a ser calculadas: já não é mais só um amigo, agora há outros interesses em jogo. E à amizade se sobrepõe então o jogo da sedução. Perde a graça.
Mulheres do mundo: mantenham intactos seus amigos!

6 comentários:

marcos freitas disse...

wow! situação extremamente delicada... tanto quanto a linha que divide essa barreira, especialmente no caso das amizades muito íntimas em que os amigos são também cúmplices e confidentes... e, uma vez ultrapassada essa barreira não há retorno possível e o "voltar atrás" fica sempre ou meio hipócrita e/ou muito difícil...
mas como em todo o resto é, antes de tudo, uma questão de escolhas!
bjs

caracol menina disse...

Olá, moça Roberta Lotti hihi!
Vc tem fotos lindíssimas em seu Flickr. Quiser me adicionar lá e conhecer minha terra, flickr.com/aereoporto

Sobre Ju Brges, já tinha visto o nome dela lápelo Maior/Melhor/Mais rápida da ilustríssima Mayra, minha conterrânea a nível de Nordeste ;D Preciso de mais tempo para descobrir Ju Borges. E valeu mucho a dica!


Errrr... lance meio complicado essa coisa de namorado ex-amigo e tal tal tal.
Mas uma coisa preciso dizer: bem que dizem que mãe é tudo igual. Só mudam de endereço.Mães, amigas, avós, tias.....

Xeroo, dona Prosadora!

=**

Paula Corrêa disse...

são deliciosos os seus textos, todos eles.vc é uma espécie de pescadora - da beleza das coisas simples, vc tem uma pinça na sua alma, um dedinho de fada que compartilha com o mundo um olhar tão generoso, inusitado, meio doidinho (e por isso tão charmoso) e até um tanto ingênuo, infantil (no ótimo sentido) de ver o mundo e as pessoas com olhos puros.

Diana Assennato Botello disse...

é uma merda perder o timming de uma amizade, mas depois de um tempo, quando a pele esfria, muitas coisas podem melhorar.
Eu acredito!

Beta disse...

ai, paula, que linda! Vc é que é a poetiza nessa história, me sinto lisonjeada com as suas palavras tão doces. beijo grande!

Samarone Gonçalves disse...

Tem gente que tem o dom da conversa, e se pode bater papos deliciosos com quase todo mundo, quando se tem algo no coração que conversa com o mundo.
Se o critério da conversa, tô ferrado, vou ficar bem sem saber quem escolher,pois cada vez mais o coração quer tudo e não quer pouco, ou menos.Quando eu souber de uma razão minha nova para escolher alguém, eu aviso !!!