terça-feira, 14 de setembro de 2010

amaciando

tô tentando não perder a mão
manter a calma, apesar da explosão
manter a doçura, mesmo na solidão

espalhar pétalas no corredor
para passos flutuantes
e silenciosos

perfumar meu cangote com gerânio
não deixar a tristeza se instalar

só passar

sorrir com a alma,
ouvir conselhos bons.

tô tentando não perder a mão:
quero achá-la na sua.

4 comentários:

Anônimo disse...

se seu nome fosse Isa
seria poetisa ... é poebeta ... Única!!!

:-)

beta disse...

coisa linda. é pra gente!
beijo!

SB disse...

Sem nenhuma intenção de ser crítica, vai aqui apenas uma dica: esse azul do seu pano de fundo é muito forte e não nos deixa ler e nem fixar o olhar no seu blog, tente uma cor mais suave.

Bons versos!

beta disse...

ok, obrigada pela dica. As cores variam bastante de monitor para monitor, talvez você esteja vendo mais escuro. mas vou pensar numa mudança.
abraço.